Psicologia Gestalt

11:05:00


Também conhecido como gestaltismo, teoria da forma, psicologia Gestalt ou psicologia da boa forma, Gestalt é uma doutrina que defende que para se compreender as partes, é preciso antes compreender o todo. Como assim? Vamos por partes: 

Apesar do aspecto psicológico, o Gestalt aparece principalmente no Design, e ao analisar bons projetos, é provável que estejam presentes alí, um ou dois princípios da Gestalt, o que vamos mostrar aqui é de que maneira os identificamos, e entender o que cada um desses princípios diz sobre a forma como as pessoas percebem os estímulos visuais e seus diferentes arranjos. A psicologia da Gestalt é um movimento que atua na área da teoria da forma. O design utiliza as leis da Gestalt o tempo todo, muitas vezes até de forma inconsciente. Ele ajuda as pessoas a assimilarem informações e entenderem as mensagens que são passadas. De maneira geral, Gestalt é o conjunto de entidades físicas, biológicas, fisiológicas ou simbólicas que juntas formam um conceito, padrão ou configuração unificado que é maior que a soma de suas partes.

“A “fórmula” fundamental da teoria da Gestalt pode ser expressada da seguinte forma: Existem conjuntos, o comportamento dos quais não são determinados por seus elementos individuais, mas onde o processo da parte são determinadas pela natureza intrínseca do todo. É o objetivo da Gestalt de determinar a natureza de tais conjuntos” (1924).

Basicamente, é enxergar que o inteiro é interpretado de maneira diferente da soma de suas partes. Para entender melhor, vamos usar a estante como exemplo: 

(Reprodução/Chocoladesign)

Nós enxergamos uma estante certo? E é exatamente isso que a Gestalt diz. O olho humano percebe um objeto como um inteiro antes de perceber suas partes individuais. E quais seriam as partes individuais da estante? Simples:

(Reprodução/Chocoladesign)

Já reparou como ao avistar uma série de luzes piscantes, elas parecem se mover de vez em quando? De acordo com Gestalt, esse movimento aparente acontece porque nossas mentes preenchem a informação que falta. É isso que acontece com a estante, nós não notamos as tabuas de madeira ou os pregos, e sim ela como um todo. Caso ainda não tenha entendido esse conceito, a próxima imagem exemplifica melhor: 



Mas afinal, para que serve a Gestalt!? O mundo visual é muito complexo, e por isso o cérebro humano desenvolveu estratégias para lidar com essa confusão. A mente humana sempre procurará a solução mais simples para um problema, e uma das formas da nossa cabeça fazer isso é através da transformação dos grupos de itens que possuem uma característica comum. Muito do que se estuda sobre a Gestalt é em relação a como esses grupos se formam e quais os efeitos deles em nossa percepção. Quanto mais forte o grupo, mais forte a Gestalt. E é este grupo que contribui para a unidade no design. Os mesmos conceitos que formam os grupos podem ser revertidos para desagrupar os itens, e torna-los únicos. Essa é a base para a criação da variedade, e que deixa uma imagem mais interessante. A Gestalt é a ferramenta mais poderosa que o designer tem para criar algo único.

A Gestalt apresenta 6 leis básicas: Semelhança, proximidade, continuidade, Pregnância, Fechamento e Unidade.

Lei da Semelhança

A lei da semelhança diz que objetos similares se agruparão entre si. Na imagem abaixo, a maioria das pessoas vê colunas de quadrados e colunas de círculos. Poucas pessoas vão associar isto como “uma linha horizontal em forma retangular onde quadrados e círculos se intercalam”.


Lei da Proximidade
Elementos próximos tendem a se agruparem, constituindo uma unidade. Elementos vão parecer mais próximos e unificados quanto menor for a distância entre eles. Você nota os 16 círculos, ou os 4 grupos de círculos na imagem abaixo?



Lei da Continuidade
Essa lei dita que pontos que estão conectados por uma linha reta ou curva, são vistos de uma maneira a seguirem um caminho mais suave. Em vez de ver linhas e ângulos separados, linhas são vistas como uma só.



Lei da Pregnância
Chamada também de lei da simplicidade, dita que objetos em um ambiente são vistos da forma mais simples possíveis. Quanto mais simples, mais facilmente é assimilada. Na imagem abaixo, vemos vários círculos em vez de uma forma complexa:



Lei do Fechamento
Elementos são agrupados se eles parecem se completar. Ou seja, nossa mente ver um objeto completo mesmo quando não há um.



Lei da Unificação
Na lei da unificação, mesmo uma imagem abstrata pode ser entendida pela mente humana pois preenchemos os espaços vazios instintivamente, como no logo do Johnnie Walker ou da WWF (um homem caminhando e um urso panda).



Para entendermos de vez como o Gestalt é aplicado no Design, destacamos alguns logotipos que exemplificam bem as leis básicas.  






Parece ilusão de ótica, mas é só Gestalt!
Mas conta aí, você já conhecia a Gestalt? Se não, tenho certeza que a partir de agora vai começar a reparar muito mais as imagens, ilustrações e logotipos que aparecerem na sua frente! 

Posts Relacionados

8 comentários

  1. "A vida é uma aprendizagem constante", não é assim? Confesso que nunca tinha ouvido falar na psicologia Gestalt e que adorei ficar um pouco mais sábia hoje.
    Segui-te *

    thebrunettetofu.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E que delicia é aprender coisas novas não é mesmo? A Gestalt mesmo sempre está presente no nosso dia a dia e a gente nem sabe... Fico muito feliz que tenha gostado!

      Beijos!

      Excluir
  2. Caraca, que psicologia maravilhosa essa! Eu já tinha visto algumas imagens (como a primeira, creio que todo mundo conhece de tão famosa), mas sempre pensei justamente o que tu disse: que era ilusão de ótica! É muito bom conhecer mais um pouquinho de coisas assim, essa Psicologia Gestalt parece que faz o cérebro trabalhar mais mesmo e ao mesmo tempo, dá um descanso mental, ahaha.
    Amei saber mais sobre isso!
    Beijão,
    radioactivebookss.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes de me aprofundar no assunto em uma aula da faculdade, eu também achava que era simples ilusão de ótica, mas quando comecei a entender os fundamentos, amei, e em resumo é uma doidera né, nosso cérebro sempre acha um jeitinho de resolver as coisas do jeito dele! hahahaha Fico muito feliz que tenha gostado do assunto!
      Beijos <3

      Excluir
  3. Gostei do artigo, muito interessante! :)

    ResponderExcluir
  4. Eu já tinha visto algo do tipo mas não tão explicado. Adorei o seu post.
    Beijos
    BlogCarolNM
    FanPage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gestalt é o tipo de coisa que sempre aparece na nossa frente mas a gente nunca sabe exatamente o que é hahahahah
      Fico muito feliz que tenha gostado!
      Beijos! <3

      Excluir

Posts Populares

Curta no Facebook!

Receba novidades por E-mail!